“Cuidar da casa comum: prevenir e evitar os incêndios - Todos, com todos, para todos" - 14 julho em Anadia

No passado dia 27 de abril, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) emitiu uma Nota Pastoral, na qual se alerta que “Para a mudança de mentalidades e hábitos sociais, tão necessários para a prevenção e o combate aos incêndios, há que mobilizar toda a sociedade, nas suas diversas instâncias: o Estado [ … ]

 

Cáritas com Portugal abraça vítimas dos incêndios

 

APOIO ÀS VÍTIMAS DOS INCÊNDIOS

A Cáritas Diocesana de Aveiro está solidária com as vítimas dos incêndios que espalharam um rasto de morte e destruição por vários concelhos do interior do País.
Dado que as pessoas estão a ser acolhidas em locais provisórios, face à situação de emergência chegou à Cáritas o pedido de angariação dos seguintes bens: lençóis e cobertores de verão, toalhas e roupa de criança. Estes bens podem ser entregues na Cáritas Diocesana de Aveiro, Rua do Car...mo, nº 42, em Aveiro (em frente ao Quartel da GNR).
Porque é uma resposta de emergência, não há condições de se fazer qualquer tipo de triagem pelo que se apela a que todos os bens estejam em condições de utilização imediata. Qualquer dúvida ou esclarecimento poderá ser dado através do telefone 234 377 260.
Os donativos em dinheiro podem ser efectuados através da Conta Solidária | Cáritas com Portugal abraça vítimas dos incêndios | IBAN PT50 0035 0001 00200000 730 54. Também poderão entregar o donativo na Cáritas Diocesana de Aveiro.
Bem hajam!

 

Contas de gerência e relatório de atividades - 2016

 

 

Publicamos as contas de gerência e relatório de atividades da Cáritas Diocesana de Aveiro referentes ao ano de 2016.

Consulte as contas aqui (PDF) e o relatório de atividades aqui (PDF)

[ … ]
 

SEMANA CÁRITAS 2017

Decorreu de 12 a 19 de Março a Semana Cáritas que culminou com a celebração do Dia Cáritas.

No decorrer desta semana, entre outras actividades, efectuou-se o peditório público, cuja recolha se destina a apoiar as pessoas mais carenciadas.

Na Diocese de Aveiro, este peditório público rendeu, segundo números provisórios, 5.276,00 euros. Desta verba, deduzidas as despesas da campanha, 10% serão enviados para a Cáritas Portuguesa, 45% serão entregues aos Grupos Paroquiais que participaram no peditório e 45% serão administrados pela Cáritas Diocesana.

Em consequência de uma campanha de desinformação sensacionalista promovida por alguns órgãos de comunicação social, que visava a gestão da Cáritas Diocesana de Lisboa, os resultados dos valores apurados na área da Diocese de Aveiro sofreram uma quebra da ordem dos 41,8% em relação a 2016. Só na cidade de Aveiro, o valor recebido foi sofreu uma diminuição de 77% em relação ao ano anterior.

Importa manifestar o nosso agradecimento aos que generosamente contribuíram neste peditório, continuando a confiar na Cáritas e no apoio que esta presta aos sectores mais desprotegidos da população.

Cabe realçar a dedicação dos voluntários que, numa situação particularmente hostil, se colocaram, como sempre o têm feito, ao serviço dos que precisam, apesar dos comentários e até ofensas de que os próprios e mesmo a instituição foram alvo.

Sendo certo que a diminuição das receitas em muito dificulta a ação da Cáritas Diocesana junto dos mais necessitados, continuamos firmes no serviço aos que mais precisam, com o rigor e a transparência da gestão das verbas colocadas à disposição da Instituição, para a prossecução da sua Missão.

A todos quantos estiveram envolvidos quero apresentar a minha gratidão e referir o apreço que a todos dedico pela sua coragem e espírito de missão nestes momentos tão conturbados e difíceis que estamos a atravessar.

BEM HAJAM!

O Presidente da Cáritas Diocesana de Aveiro
José Ferreira Alves

 
AddThis Social Bookmark Button