Campanhas
Documentos

Cidadania Corporativa

Programa de doação de software:

+Próximo: animação e formação para ação Social

Foram cerca de 60 os participantes em mais um encontro +Próximo de partilha e formação. Aconteceu em Évora, no dia 18 de fevereiro e teve como principal objetivo por em comum as práticas das Dioceses no que se refere à aplicação dos diferentes módulos +Próximo. Estes encontros revelam-se uma grande oportunidade para todos, pois, ali colocam-se estratégias que levam a uma aprendizagem comum e à integração de eventuais novos formadores neste Programa.

O +Próximo tem como objectivo a animação e qualificação de grupos paroquiais de ação social já existentes e a criação de grupos novos onde não existam, de modo a assegurar que, em cada paróquia, exista um grupo organizado que, em nome da paróquia, concretize a caridade.

Este foi um encontro orientado de forma particular para Cáritas Diocesanas do Centro-Sul e Ilhas e estiveram presentes as Cáritas dos Açores, Beja, Évora, Leiria-Fátima, Lisboa, Portalegre-Castelo Branco, Santarém e Setúbal.

As próprias Cáritas Diocesanas presentes apresentaram os vários módulos +Próximo: Eclesiologia; Doutrina Social da Igreja; Voluntariado de Proximidade; e Ação Social na Paróquia; Grupos Paroquiais de Ação Social; Atendimento de Proximidade; Pastoral Penitenciária; e Pastoral das Migrações. No final de cada apresentação, seguiu-se um momento de partilha da realidade das dioceses no que diz respeito à aplicação de cada um destes módulos.

Aproveitando o momento de encontro entre diferentes dioceses, nesta ação de formação esteve também presente a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), da qual a Cáritas Portuguesa faz parte. Foi oportunidade para a realização de uma sessão de divulgação dos seus objetivos e de algumas das suas atividades. Esta iniciativa visa promover um crescente envolvimento de um maior número de entidades no acolhimento de refugiados em Portugal. Houve oportunidade de escutar o testemunho de duas famílias de refugiados acolhidas na zona de Évora, bem como o testemunho das duas congregações religiosas que acolhem essas famílias.