Presidente da República faz conferência de abertura no XXX Encontro da Pastoral Social

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Manuel Clemente, vão participar no XXX Encontro Nacional da Pastoral Social, que vai decorrer em Fátima de 13 a 15 de setembro.

Marcelo Rebelo de Sousa vai fazer a primeira conferência do XXX Encontro da Pastoral Social, após a sessão de abertura onde estará também presente D. Manuel Clemente, D. António Marto, vice-presidente da CEP, e o presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, D. Jorge Ortiga.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral Social, considera que o Encontro Nacional vai pôr em diálogo a encíclica do Papa “Laudato si – sobre o cuidado da Casa Comum” e o Ano da Misericórdia” que está a decorrer.

O padre José Manuel Pereira de Almeida espera que esta iniciativa, que vai decorrer no Seyler Fátima Hotel, inspire os participantes a “reinventarem a solidariedade”, procurando "caminhos de um mundo mais justo e mais fraterno”.

No contexto do documento de Francisco, que propõe “uma ecologia integral” como forma de combater a pobreza, a desigualdade e outras injustiças sociais, este encontro vai contar com a presença de alguns “ecologistas de nomeada”.

Do programa do evento constam nomes como Alice Caldeira Cabral, do Serviço Pastoral a Pessoas com Deficiência; Alda Couceiro, da Sociedade São Vicente de Paulo; o padre António Pedro Monteiro, capelão do Hospital de Santa Maria e Margarida Alvim, da Associação Casa Velha – Ecologia e Espiritualidade, em Ourém.

Para abordar a temática da Misericórdia, a organização congregou representantes de várias instituições envolvidas no apoio aos mais carenciados.

Como o presidente da União das Misericórdias Portuguesas, Manuel de Lemos; a diretora da Fundação Ajuda a Igreja que Sofre em Portugal, Catarina Martins; o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca; o responsável pela Pastoral Penitenciária, padre João Gonçalves, e Teresa Vasconcelos, da Comissão Nacional Justiça e Paz

No âmbito dos 60 anos de presença da Cáritas em Portugal, o programa do Encontro Nacional da Pastoral Social vai incluir o assinalar da data com uma referência “condigna”, adianta o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral Social.

 

Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação

"Usemos de misericórdia para com a nossa casa comum" é o tema da mensagem do Papa Francisco que assinala a celebração ecuménica do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, uma iniciativa lançada pelo Papa em 2015, na Igreja Católica, associando-se a outras Igrejas e Comunidades cristãs.

Disponibilizamos a mensagem na íntegra.

Usemos de misericórdia para com a nossa casa comum

Em união com os irmãos e irmãs ortodoxos e com a adesão de outras Igrejas e Comunidades cristãs, a Igreja Católica celebra hoje o «Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação». A ocorrência tem como objetivo oferecer «a cada fiel e às comunidades a preciosa oportunidade para renovar a adesão pessoal à sua vocação de guardiões da criação, elevando a Deus o agradecimento pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado, invocando a sua ajuda para a proteção da criação e a sua misericórdia pelos pecados cometidos contra o mundo em que vivemos».1

Continuar...

 

Voluntários Espanhóis em Portalegre

No dia 4 de julho chegou a Portalegre o grupo de 19 voluntários, do Colégio de Fomento Tabladilla de Sevilha, que pelo 2º ano consecutivo quiseram dedicar uma semana de trabalho em 4 instituições do nosso concelho, nomeadamente, na Associação de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental, na Associação Sete Montes do S. Julião, no Coro Infantil dos Assentos e na Casa de Acolhimento para pessoas sem-abrigo da Tégua.

O objetivo do trabalho é integrar o dia-a-dia destas entidades, colaborar com os profissionais, responder a necessidades identificadas pelos responsáveis das instituições e estar em contato com os utentes.

É gratificante contar com a iniciativa de jovens no apoio a instituições e pessoas da nossa comunidade.

Mencionavam os voluntários: "é curioso que , sendo uma atividade gratuita, como acabámos por receber tanto".

Para o sucesso desta iniciativa contámos com a colaboração do Instituto Politécnico de Portalegre, da Câmara Municipal de Portalegre e da União das Freguesias de Reguengo e S. Julião.

 

"Direitos Humanos no século XXI - momento de regressão ou de viragem?"

A  Associação Cultural Periferias, no âmbito  da quarta edição do Periferias Festival Internacional de Cinema de Marvão, sobre Direitos Humanos,  apresenta, de 16 a 21 de Agosto,  em Marvão, no distrito de Portalegre, e Valência de Alcântara, na província espanhola de Cáceres, sob o lema Cinema entre Culturas - Cooperação Transfronteiriça, obras de realizadores dos dois países vizinhos e de outros realizadores.

Assim, a convite da Directora do Periferias Festival Internacional de Cinema de Marvão, Dra Paula Duque, a Cáritas Diocesana de Portalegre – Castelo Branco acompanhada pelos Refugiados que Acolhe, há já alguns anos, assistiu, durante a tarde, de ontem, dia 17 de Agosto, no Centro Cultural de Marvão, à exibição do Filme "Água Prateada - Um Auto-Retrato da Síria", de Ossama Mohammed, que dá a conhecer a dura realidade vivida naquele cenário de guerra a partir de testemunhos recolhidos por quem vive no terreno.

Sobre o filme, gostaríamos de sublinhar, que, mesmo no meio das grandes catástrofes e das maiores atrocidades, o Amor e a Esperança são cruciais, dão-nos força e funcionam como água que purifica, em cada momento, transformando as periferias mais escuras em poesia perfumada pelas mais belas cores do arco-íris.

 

Continuar...