Visita a Fátima - Refugiados

“Ainda que os teus passos pareçam inúteis; vai abrindo caminhos como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão...”

Antoine de Saint-Exupéry

 

O Secretariado da Pastoral Social e da Mobilidade Humana através da Cáritas Diocesana de Portalegre – Castelo Branco colabora  no Acolhimento, Acompanhamento e Integração das pessoas que estão refugiadas em Portalegre, há já 4 anos.

Assim, no âmbito do projecto “Língua, Cultura e Cidadania”, desenvolve várias actividades que visam a sua promoção humana a todos os níveis.

A actividade extra deste mês, tendo em atenção o Centenário das Aparições contou com uma visita ao Santuário de Fátima.

Esta visita teve particularidades muito especiais, primeiro, porque todos se mostravam muito interessados em conhecer Fátima, segundo, por ter o apoio do próprio Santuário.

Assim, queremos agradecer e realçar a disponibilidade e a amabilidade do Senhor Reitor do Santuário de Fátima, P. Carlos Cabecinhas em nos proporcionar um dia diferente, através do acolhimento e cuidada visita guiada pela responsável do Posto de Informações, seguindo-se o visionamento do vídeo "Fátima, Experiência de Fé".

Agradecer, de modo particular, às Irmãs da Casa Nossa Senhora do Carmo, o almoço que a todos deliciou e, também,  a maneira como nos acolheram, recebendo-nos como se estivéssemos em casa.

Agradecer igualmente, às Irmãs do Museu,  a visita guiada feita de forma bem agradável e competente, despertando, em todos, o interesse por aquela “jóia do santuário”.

Também ao Senhor Padre Fernando Farinha, Arcipreste do Arciprestado de Portalegre, que, desde o primeiro momento, tem acompanhado os refugiados, ajudando, inclusive, nas deslocações que temos efectuado.

 

Referir ainda a gentileza dos outros Departamentos, nomeadamente, SEAL e SEPE que ajudaram e participaram na preparação e organização desta visita.

O sol, ao saudar-nos, desenhou num poema de mil cores, o nome de cada um, e, em jeito de agradecimento aguçou, naquela beleza única de Fátima, o desejo e a vontade de um dia aí voltar. Voltaremos!

 

 

Rufina Garcia/Luís Mamão

Acolhimento/Acompanhamento e Integração Refugiados e Migrantes

Secretariado Diocesano Pastoral Social e Mobilidade Humana/Cáritas Diocesana

28-03-2017

 

8ª Assembleia Diocesana da Pastoral Social e Mobilidade Humana

O Cine-teatro Municipal de Alter do Chão recebeu, no dia 11 de março, cerca de duas centenas de pessoas, oitenta das quais vindas das zonas pastorais de Oleiros e Sobreira. Sacerdotes, membros de algumas Misericórdias e representantes dos vários movimentos pastorais da diocese de Portalegre e Castelo Branco deslocaram-se, a esta vila alentejana, para participar na 8ª Assembleia Diocesana da Pastoral Social e Mobilidade Humana organizada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Social e Mobilidade Humana e que teve como tema principal “ Igreja, Casa de Todos”.

A Assembleia iniciou-se com a oração, presidida pelo Sr. Bispo, D. Antonino Dias. A partir da Leitura breve (Ap3,19-20) salientou a frase “Eu estou à porta e chamo” refletindo, porém, pode acontecer que não escutemos a Sua voz. Quem bate à porta é aquele que tem fome, que tem necessidade, é o vizinho, assim o Sr. Bispo exorta-nos a que, neste dia de reflexão sobre a nossa atenção aos outros, não deixemos ficar sentado à porta e, se ouvirmos bater, não fechemos o nosso coração.

 

Continuar...

 

Mensagem Quaresmal

CRISTO TRESPASSADO DE HUMANIDADE
Quaresma na Diocese de Portalegre-Castelo Branco

 

O amor de Cristo nunca fica indiferente a tudo quanto seja desumano ou que desumanize. E nada do que é desumano fica indiferente ao amor de Cristo. É por isso que, todos os anos, a Quaresma nos faz olhar para Cristo como Aquele que foi trespassado com os golpes da nossa humanidade. E é por isso também que a Quaresma nos coloca todos os anos a percorrer os caminhos de Cristo, da paixão até à Ressurreição, para nos deixarmos trespassar da sua vida e do seu amor. Como seria diferente a nossa vida se, ao olhar para Aquele que trespassámos, nos deixássemos também trespassar do seu amor.

 

Quarenta dias passam num instante e, por isso, mais do que idealizar feitos improváveis, a Quaresma convida-nos a olhar para cada minuto do dia-a-dia como tempo favorável, o momento oportuno. Jejum, partilha e oração, atitudes eclesiais a que cada Quaresma sempre convida, não são os “mínimos legais” do acesso a Cristo. São sim os sinais da nossa caminhada.

Continuar...

 

Comunicado Conselho Diocesano da Pastoral

No dia 4 de fevereiro, teve lugar, no Centro Pastoral de Castelo de Vide, a reunião do Conselho Diocesano de Pastoral da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, continuando a debruçar-se sobre a melhor forma de implementar as conclusões do Sínodo Diocesano que decorreu de 2009 a 2016. Seguindo-se os pontos da agenda, avaliou-se a Assembleia Diocesana que teve lugar em 24 de setembro passado, na Vila de Proença-a-Nova, e que marcou o arranque do ano pastoral 2016-2017, sob o tema “A Fé dá sentido à vida”. Tornaram-se presentes os aspetos bons e menos bons da referida Assembleia e deram-se sugestões para a próxima que se realizará em 30 de setembro, no Arciprestado de Ponte de Sor.

Sobre a concretização do ano pastoral em curso, manifestaram-se as dificuldades sentidas no acolhimento e atuação dos temas por parte das comunidades e dos grupos paroquiais de reflexão, procurando-se, também, sugerir pistas para o enriquecimento e a operacionalização do mesmo.

O Conselho tomou conhecimento de um comunicado do Serviço de Peregrinos do Santuário de Fátima sobre o caráter jubilar das Peregrinações ao Santuário, com informações várias inclusive sobre a possibilidade de se obter a Indulgência Plenária desde que se cumpra o preceituado pela Igreja.

O programa da nossa Peregrinação Diocesana a Fátima, que terá lugar no último Domingo de maio, foi devidamente abordado nesta reunião do Conselho.

O Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e das Vocações apresentou, com aplauso do Conselho, as suas perspetivas, desafios, iniciativas e metodologias pastorais a usar, anunciando, também, ações de formação para os jovens animadores de outros jovens: o perfil do jovem animador, a comunicação e a animação juvenil são os primeiros temas a tratar neste âmbito de formação de jovens animadores.

Com as informações sobre a Jornada Diocesana da Pastoral Social, sob o tema “Igreja, casa de todos”, a ter lugar no dia 11 de março, em Alter do Chão, o Secretariado Diocesano da Pastoral Social e Mobilidade Humana insistiu na necessidade de se sensibilizar para a participação nesta Jornada Diocesana bem como falou de outros aspetos relacionados com a Pastoral Social, nomeadamente no campo da formação e da importância do peditório de rua para a Cáritas, no terceiro Domingo da Quaresma, sobretudo pela visibilidade que tal peditório dá a esta ação pastoral em favor dos mais carenciados.

Os Secretariados Diocesanos da Pastoral Litúrgica, da Educação Cristã da Infância e Adolescência e o da Família, deram ao Conselho informações relacionadas com suas atividades já realizadas ou previstas nos seus programas de ação.