alt  

 

       

     alt   alt

 

  alt   alt   alt  

 

 

 

 

     CAMPANHA INTERNACIONAL

alt

         Veja a campanha AQUI

 


PEDITÓRIO CÁRITAS COIMBRA 2017 | PARTICIPA!


Estamos na Semana Nacional Cáritas, dia 19 de março será o dia Cáritas.
De 16 a 19 a Cáritas Diocesana de Coimbra irá dinamizar na sua Diocese o Peditório Público, este ano sob o mote "Eu não sei porquê?".

A Cáritas de Coimbra apoia, através das suas várias valências e respostas sociais cerca de 26.000 pessoas por ano.

Este apoio não se refere apenas à ajuda às pessoas em situação de pobreza, mas a um vasto trabalho de promoção e qualificação, com vista a uma sociedade mais equilibrada e justa, que congregue cidadãos mais capazes e participativos. Só com esta vertente de capacitação individual se podem alcançar mudanças efetivas na rede social, quebrando padrões de pobreza, desemprego e exclusão. Tal implica apostar na educação dos mais novos, na proteção das pessoas mais velhas, na promoção da saúde física e emocional e na intervenção comunitária, promotora do Bem Comum. Tudo isto a Cáritas de Coimbra faz, 365 dias por ano.

Muitos podem não saber, mas o que move a Cáritas de Coimbra é a responsabilidade confiada e que não termina no Peditório Público, mas continua atual no dia seguinte em cada acolhimento, em cada acompanhamento, em cada gesto que devolve aquela dignidade que a todos é irrenunciável.

Quantos idosos conhece que não compram medicamentos para ajudar a família?

Quantos jovens conhece que deixaram de estudar para ajudar a sua família?

Quantos jovens casais conhece que, mesmo a trabalhar, não têm dinheiro para a creche dos filhos?

Quantas famílias conhece onde os encargos são de tal ordem que há despesas que ficam por pagar?

Quantas famílias conhece que depois de pagarem as despesas fixas não têm dinheiro para comer?

Alguns destes casos são colegas, amigos e conhecidos, que certamente cada um conhecerá. Não podemos ficar indiferentes a uma realidade tão presente. Temos de unir esforços e atuar sem medos ou constrangimentos, pois a Cáritas não pede para si mas para ajudar a minimizar dramas de vida que precisam de apoio.

Precisamos de cada um de vós, mobilizados na dádiva e como voluntários! Vamos todos participar!

Neste tempo, somos desafiados à construção da paz de uma só Família Humana! Somos chamados a ser e a realizar a paz na caridade e na esperança!
Podemos e devemos ser uma expressão de ajuda a quem efetivamente precisa.
Vamos ajudar a construir a PAZ.