Loja Solidária "É Dado" PDF Enviar por E-mail

No âmbito do Projecto “Igreja Solidária”, a Cáritas Diocesana de Lisboa procedeu à abertura, no dia 24 de Junho de 2009, da Loja Solidária “É Dado”, uma loja de entrega gratuita de roupa, em Lisboa.

O funcionamento é igual ao de qualquer loja de roupas, onde os utentes podem escolher as peças que pretendem, experimentá-las e, se gostarem, levá-las, o que confere dignidade acrescida à ajuda que lhes é proporcionada. Todas as pessoas com necessidade de roupa que se dirigiram directamente à Loja puderam beneficiar do vestuário existente. As pessoas que foram encaminhadas para a Loja pela Cáritas ou por um dos parceiros da rede de solidariedade social (Paróquias, Centros Sociais Paroquiais, Misericórdias, Movimentos e Grupos, Institutos Religiosos e Instituições Particulares de Solidariedade Social), puderam usufruir de ajuda mais significativa.

O atendimento e o abastecimento da Loja Solidária “É Dado” são assegurados por voluntários apoiados pela estrutura da Cáritas Diocesana de Lisboa. O horário de funcionamento é o seguinte: terças-feiras das 9:00h às 12:00h, quintas-feiras das 10:00h às 12:30 e sábados das 15:00h às 17:30h.

Este projecto tem contado com a generosidade de muitos particulares e empresas que continuam a canalizar para a Loja roupa e calçado em bom estado, livros e brinquedos.

O abastecimento da loja implica a triagem dos bens doados, em armazém, também é feita com trabalho voluntário, nas manhãs das 4ªs e 5ªs feiras e domingos.

O excesso de roupas doadas tem permitido satisfazer pedidos feitos por diversas instituições e associações como Hospitais, Estabelecimentos Prisionais, Maternidades e Associações que prestam apoio a grupos desfavorecidos.

No dia 24 de Junho de 2010 comemorou-se o 1º aniversário da abertura da Loja, facto que motivou o interesse da comunicação social que deu bastante relevo ao projecto, tendo sido feitas reportagens pela TVI, SIC, agência Lusa e RR.

Após essas reportagens aumentaram significativamente as doações e diversificou-se a oferta que passou a incluir roupas de casa, louças e outros objectos.

No final do ano de 2010 a Loja “É Dado” registava a inscrição de 692 utentes, a que correspondiam agregados familiares de 1947 pessoas.

De Janeiro a Setembro de 1911 registou-se a inscrição de 160 novos utentes e o número de atendimentos de utentes que recorreram à loja nesse período atingiu os 828.

As nacionalidades dos utentes são diversas: portugueses, nativos de todos os PALOP, brasileiros, indianos, paquistaneses, marroquinos, romenos, ucranianos.