Universidade de Paris quer conhecer realidade social em Portugal


Um grupo de alunos do Mestrado de Economia Internacional, da Universidade de Paris (Université Paris-Dauphine) esteve recentemente em Portugal para conhecer não apenas a atual realidade do país mas, principalmente, a forma como Portugal ultrapassou os anos de crise que marcaram a economia e o tecido social nos últimos seis anos. O grupo de alunos quis conhecer algumas das principais estratégias encontradas por diferentes organizações, entre elas, a Cáritas Portuguesa.

À Cáritas Portuguesa colocaram questões relacionadas com as respostas sociais encontradas e sobre quais as principais marcas que esta crise deixou no nosso país. Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas, recebeu os estes alunos apresentando-lhes as principais conclusões do Relatório da Cáritas Europa, no qual Portugal está representado - Caritas Cares – Relatório sobre Portugal. Este relatório faz a compilação de todas as realidades vividas pelas Cáritas na Europa e por isso ele é uma base sólida para a análise dos efeitos da crise na Europa e, no caso de Portugal, evidência problemas sobretudo relacionados com “as novas formas de pobreza que afetam agora as tradicionais famílias de classe média e as famílias de classe baixa”, espelhando assim a falta de eficácia das medidas que foram implementadas e a falta de construção de uma estratégia nacional sólida de combate à pobreza e à exclusão social.

Eugénio Fonseca explicou, neste encontro de uma manhã, que é necessário olhar para os níveis de pobreza e de exclusão, que aumentaram consideravelmente, referindo que ninguém sabe quantas pessoas vivem em Portugal.

No final os alunos tiveram a oportunidade de colocar questões sobre as situações de emprego/desemprego em Portugal.

e-max.it: your social media marketing partner