Cáritas vive a alegria do Santuário de Fátima


A Cáritas Portuguesa expressa o seu louvor a Deus por sempre ter olhado o nosso país com a Sua Magnificência demonstrada em muitos episódios que marcaram a história lusa e a de outros países por esse mundo fora.

Um dos maiores e mais marcantes aconteceu há 100 anos numa das localidades mais humildes e recônditas do nosso país envolvendo três crianças. Também elas de famílias simples e pobres.


É sempre nestes contextos que acontecem as expressões mais profundas de espiritualidade! Deus encarregou Nossa Senhora de deixar de uma forma tão marcada pelo divino o seu apelo a Portugal para que ajudasse o mundo a retomar os caminhos, nessa altura tão mal andados, para que a paz, a reconciliação com Deus e a conversão ao amor acontecessem.

A Cáritas identifica-se, por inteiro, com estes tão profundos e exigentes apelos comunicados às três inocentes crianças. Na verdade, a sua primordial missão é estar com os mais frágeis, humildes e vítimas de todo o tipo de injustiça. A sua missão é cooperar para que o ser humano seja mais irmão do seu próximo. As realidades inumanas se transformem em humanas, pois só assim a paz poderá ser uma realidade.

A Cáritas dá graças a Deus por intercessão de Nossa Senhora de Fátima por muitas vidas transformadas, por tanta solidariedade gerada e por tantos corações que reencontraram a paz perdida, ao longo destes 100 anos. Confia aos Espírito Santo que inspire todos os que procuram este Santuário e aos que o governam que prossigam, com um vigor ainda maior a fazerem desse lugar sagrado o ponto de encontro privilegiado para os mais pobres, de diálogo inter-religioso e de solidariedade proativa. Para que a paz se torne tão radiante como os pastorinhos se sentiram perante tão marcante experiência divina.

Manifesta ainda a sua alegria por a celebração deste centenário ser enriquecida com a presença do Papa Francisco. Sabendo que virá como peregrino, trará no seu coração os pobres, o desejo inabalável de uma Igreja mais identificada com o Evangelho e as preocupações que não se cansa de expressar relativamente à situação atual do mundo.

A Cáritas pede o auxilio de Nossa Senhora de Fátima para que a sua ação se identifique sempre com a sua atitude de socorrer quem está em necessidade como o fez no auxilio à sua prima Santa Isabel, para que quem procurar a ajuda desta Instituição oficial da Igreja possa “exultar de alegria” por te sentido o amor de Deus penetrar nas suas vidas.

e-max.it: your social media marketing partner